Ir para conteúdo

O GRITO DA FAVELA É PELO FIM DA POLÍCIA!

Por IDMJRacial

O assassinato de Genivaldo Santos em Sergipe pela Polícia Rodoviária Federal e a Chacina da Vila Cruzeiro produzida pela articulação genocida entre Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar apenas ratifica o posicionamento da IDMJRacial que só existe um caminho possível para o fim da violência: o da Abolição das Polícias e Sistema Prisional.

Não podemos entrar no discurso da branquitude, inclusive da dita branquitude aliada, de possibilidade da Reforma da Polícia. É fácil e cômodo acreditar nesta via, já que seus corpos não sofrem ação direta das forças policiais cotidianamente.

Até mesmo na América do Norte e na Europa, as instituições governamentais ja produziram reformas, protocolos, implementação de polícias de proximidade e a população negra mesmo sendo a menor parcela populacional, são justamente as pessoas mais assassinadas e encarceradas pelas polícias.

Nesta sexta-feira, 27/05, a IDMJRacial em parceria com o IDPN e o Movimento Independente Mães de Maio lançam a Revista Ruas e Encruzilhadas sendo a Abolição Prisional e Policial.

Algumas pessoas, movimentos e organizações sociais podem dizer que a defesa do abolicionismo é uma loucura ou uma utopia. Gostaríamos de afirmar que no século passado a luta pela Abolição do processo escravista protagonizado pelo povo negro poderia ser vista como impossível e hoje é uma realidade.

Venha conosco construir o processo de abolição prisional e das polícias, por um mundo em que o povo negro seja humanizado e livre.

Falo o que tem que ser dito
Pronto pra morrer de pé
Pro meu filho não viver de joelho

(Djonga – Hat-Trick)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: