Ir para conteúdo

OPERAÇÕES POLICIAIS NA BAIXADA FLUMINENSE


Por Giselle Florentino

No primeiro trimestre de 2020, o Instituto de Segurança Pública – ISP registrou um total de 283 homicídios dolosos e 132 mortes causadas por autos de resistência na Baixada Fluminense. Ocorrendo uma diminuição de 4,35% nos casos de homicídios e 15,77% nos autos de resistência na região em relação ao primeiro trimestre de 2019. Ressalta-se que a queda foi em menor intensidade quando comparado aos dados da capital do Rio de Janeiro para o mesmo período.

Ademais, Mesquita e São João de Meriti dobraram os registros de casos de homicídios e auto de resistência em relação ao primeiro trimestre do ano passado. São áreas de intensas disputas e recorrentes tentativas de invasão de milícias em um território controlado por uma facção de tráfico específica.

No início de março, o Governo do Estado do Rio de Janeiro decretou isolamento social em todo o território fluminense. O que deveria significar a diminuição das operações policiais em favelas e periferias. Porém, essa não foi a realidade.

A IDMJR sistematizou os registros de Operações Policiais na Baixada Fluminense ao longo de todo este ano. Identificamos que no 1° trimestre de 2020 ocorreram 138 operações policiais na Baixada, resultando em 20 pessoas assassinadas e 56 pessoas feridas.

Operações Policiais na Baixada Fluminense – 1º trimestre de 2020

Fonte: IDMJR

O Batalhão que mais realizou operações policias é o de Belford Roxo, com um total de 48 operações em 3 meses. Tivemos 44 operações em Duque de Caxias, 22 em Queimados, 13 em Nova Iguaçu e 11 em São João de Meriti. O que nos chama a atenção são que essas operações sempre acontecem em territórios dominados pela facção de tráfico rival das frações de milícias da Baixada. Qual seria o motivo para o Estado escolher apenas essas áreas para realizarem operações?

As Operações da Polícia ainda têm impedido ações de solidariedade e combate ao Covid-19 nas favelas e periferias. Mesmo em tempos de isolamento social, o braço armado do Estado promove o genocídio letal da população negra, pobre, favelada e periférica.

Por isso, a IDMJR reuniu informações das operações policias e atuação das milícias na Baixada durante o período de isolamento social no Boletim Especial sobre Covid-19 e as Milícias na Baixada Fluminense. O Boletim Especial da IDMJR já está disponível para acesso. Confira aqui!


Um comentário em “OPERAÇÕES POLICIAIS NA BAIXADA FLUMINENSE Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: