Ir para conteúdo

TagBaixada Fluminense

REMINISCÊNCIAS: PAPAI E A GRIPE ESPANHOLA

A IDMJR está promovendo a Campanha Lembrar para não Esquecer: 31 de Março – Da Ditadura à Milicialização como instrumento de reparação histórica e combate ao não apagamento do legado de resistência do nosso povo. Por isso, vamos publicar uma série de textos que tratam sobre a temática de Memória. Nesta publicação, Sílvia de Mendonça, de forma muito genorosa, compartilha conosco as memórias de sua família durante o período de Gripe Espanhola e seus reflexos na Baixada Fluminense.

DIREITOS HUMANOS: HIATOS, AUSÊNCIAS E LUTAS NA BAIXADA FLUMINENSE

Diante o avanço da militarização da vida, que utiliza a violência como plataforma financeira e escudo social, os municípios da baixada são fortemente impactados por uma série de violações que não são contabilizadas oficialmente e passam a fazer parte do crescente cenário de invisibilidade do que chamamos de necropolítica.

As narrativas dos moradores são permeadas por violações cotidianas, produzidas pelo Estado, nós da Iniciativa Direito à Memória e Justiça Racial convidamos duas mulheres negras, que promovem ações de enfrentamento e reflexões sobre a vida cotidiana na Baixada, para expor suas percepções.

2° AULA DO CURSO PLP DE SEGURANÇA PÚBLICA: RACISMO E CAPITALISMO

E nesse último sábado (14/7) no Galpão Goméia Criativo, as mulheres do Curso PLP, em sua maioria mulheres negras, estiveram reunidas para 2ª aula: Capitalismo e Racismo. Antes do início da aula tivemos o Amanhecer #14M por Marielle e Anderson com produções de cartazes que afirmaram o direito à memória e a construção na prática e no cotidiano da política do não esquecimento.