Ir para conteúdo

NOVEMBRO ABOLICIONISTA

Por: Equipe IDMJR


O povo negro historicamente produziu vários movimentos e ações abolicionistas. Afinal, no Brasil assistimos a uma falsa abolição, em que a população negra ainda está nos piores postos de emprego, com a menor escolaridade, sem acesso a direitos sociais e a maior parcela de vítimas de assassinatos e encarceramento em massa.

Temos o legado dos Quilombos que persistem até hoje, a Revolta dos Alfaiates , que ocorreu na Bahia, a Revolta dos Malês entre outras insurgências abolicionistas.Na atualidades movimentos como as  Frentes Estaduais pelo Desencarceramento lutam pela abolição prisional , organizações como a própria IDMJR lutam pela abolição das polícias, movimentos como Mães e Maio no Brasil e o 8 To abolition (EUA) também se engajam na luta pela abolição das polícias.

E inspiração não faltam para essa construção abolicionista , nomes como Assata Shakur, Angela Davies, Ruth Gilmore e todos os legados dos Panteras Negras e Movimentos de favelas e periferias estão presentes para essa luta contra esse Estado Capitalista Racializado e Patriarcal.

Diante disto e por sermos uma organização abolicionista, a IDMJR está lançando a Campanha Novembro abolicionista com uma série de atividade, confira a nossa programação!

Durante todas as quartas – feiras de novembro estamos promovendo o Curso Abolição Prisional e das polícias junto com IDPN e Movimento Independente Mães de Maio, além do Curso de Incidência Política nos Legislativos Estaduais nas temáticas da violência policial e do sistema prisional com as Frentes Estaduais pelo Desencarceramento de todo o Brasil em parceria com a Agenda Nacional pelo Desencarceramento e apoio do Fundo Brasil de Direitos Humanos.

Estamos construindo uma reunião de articulação com Movimentos de Cultura, de Educação, Povos de Terreiros e Juventudes para pensar como produzirmos ações  em territórios militarizados na Baixada Fluminense. A Campanha de Comunicação Convergências Baixada que tem como produto grandes Lambes nas temáticas da Violência Policial, Feminicídios, Direitos Humanos e Racismo e no dia 27/11 será o Lançamento do filme Nossos Corpos são Nossos Livros na Baixada Fluminense em parceria com o Enraizados.


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: